29 maio 2013

o mar

A praia nas primeiras horas
Breves tons etéreos
Desolação opaca que só
A miragem: suas curvas
Ao alcance da mão
Beijos sob o primeiro sol
Sorrisos de criança
Passamos pelo mar branco
E um trecho turvo de algas
Enfim a água azulada
Mergulhamos sem saber que
O mar é pura antiaderência
Para beijos e abraços nus

Um comentário:

Paola Benevides disse...

Lindo. Agora eu me derramei...