10 março 2013

Comeram o Anthony Hopkins



Hannibal cresceu ouvindo Fine Young Cannibals
Enquanto cultivava na mente uma dentição afiada

Sempre que saía para pescar as piranhas do Rio
Lembrava da cerveja e do churrasquinho na chapa
Era no Carnaval que a carne valia um tanto mais
Então, percebia os miolos dando sopa e se fartava

Certo dia, foi convidado à festa do Oscar
E assim deixou o Red Carpet mais vermelho
Ao premiarem Hopkins, ele resolveu arriscar:
Machadar o ator como quem mata um coelho

Ídolo no fogo e arsenal de afagos antropofágicos
Eis que um autógrafo assinava a própria sentença

Paola Benevides

2 comentários:

Tarco disse...

Amálgama a la pao
verdadeira canibal

Paola Benevides disse...

Bobeou, créu!!
Valeu, brotha.