17 fevereiro 2013

Amor sem esperança




Para Paola Benevides

Amor sem esperança, como quando o apanhador de passarinhos
Tirou o longo chapéu para a filha do fazendeiro
E assim deixou suas cotovias escapar e voar
Cantando sobre a cabeça da moça a passar

Love without hope, as when the young bird-catcher
Swept off his tall hat to the Squire’s own daughter,
So let the imprisoned larks escape and fly
Singing about her head, as she rode by.


Robert Graves
Tradução: Tarco

Um comentário:

Paola Benevides disse...

A vida é assim, perdas e ganhos. O caçador perde a comida por uma investida amorosa. Aprenderei a manter minhas cotovias cativas até que o verdadeiro amor me puxe pelas asas novamente. Ainda voarei para meu norte, valeu amigo-pássaro!